O ObservaRH realiza pesquisas em todas as áreas da saúde. Para consultar, selecione uma das categorias abaixo:

O trabalho em saúde: focalizando pessoas e processos nas equipes de Saúde da Família em Juiz de Fora/MG

Download
Compartilhe

Autor: Friedrich, Denise Barbosa

Orientador: Celia Regina Pierantoni

Fonte: Rio de Janeiro; 2005. 151p.
 
Resumo: A partir da observação de que os processos e as pessoas são capazes de interferir no desenvolvimento da estratégia de Saúde da Família, foi analisado o trabalho das Equipes de Saúde da Família no município de Juiz de Fora, na dimensão organizativa do processo produtivo, na dimensão político-ideológica e na econômica. Para isso, utilizou-se uma abordagem qualitativa, realizando um estudo de caso que focalizou as relações de trabalho no contexto das transformações contemporâneas do mundo do trabalho. Foram realizadas entrevistas com os integrantes das equipes, gestores e com os responsáveis pela contratação das equipes, bem como análise de documentos e observação direta das equipes. Essa pesquisa revelou que a organização do processo produtivo das equipes se caracteriza por uma intensa divisão de trabalho e que a demanda do usuário e assistência à saúde são sub–temas que emergiram, possibilitando uma maior análise dessa dimensão. Na dimensão políticoideológica o trabalho é permeado de práticas de poder diversas, pois ele se desenvolve sobre relações de trabalho, como relações sociais, cabendo ressaltar que sub-temas como modelo assistencial, modelo gerencial e a informação entre equipes e gestores emergiram de forma a explicitar tal dimensão. Na dimensão econômica o trabalho se caracteriza por vínculos e remunerações diferenciadas para trabalhadores que compartilham o mesmo grau de responsabilidade, tendo como destaque subtemas como: modalidades de vínculos, remuneração diferenciada e os direitos sociais. A capacidade instalada, os recursos materiais e humanos da Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) e as relações interpessoais são fatores que influenciam tanto positiva como negativamente o desenvolvimento do trabalho das equipes. Considerando toda essa complexidade, as equipes, na medida em que realizam seu trabalho, estão destacando a importância do mesmo de forma a permitir a construção do Sistema Único de Saúde (SUS) na sua totalidade em Juiz de Fora.

Download
Compartilhe



Chamada de trabalhos para a 15ª Conferência Internacional de Gestão de Recursos Humanos � prazo vai até 15 de... https://t.co/MxntKrdW1x
Carta-Manifesto pela ética, equidade, saúde e educação >> O manifesto do Departamento de Medicina Integral,... https://t.co/JEG3KMNIDk
Segundo mensagem transmitida na cerimônia de abertura do 4º Fórum Global de Recursos Humanos em Saúde, o mundo... https://t.co/IxyQwUDIxS
Todos os direitos reservados © ObservaRH-IMS/UERJ - 2013